Lula diz que poderá ´até bater uma bolinha´ na próxima 2ª

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva comentou nesta quinta-feira, bem-humorado, a torção no tornozelo direito que o vem impedindo de caminhar. Por sugestão do médico do Planalto, Cléber Ferreira, ele se locomoveu numa cadeira de rodas durante a Cúpula África - América do Sul, realizada num hotel de Abuja, capital da Nigéria. "Se eu não movimentar o pé amanhã, sábado e domingo, na segunda-feira poderei até bater uma bolinha", brincou. "Estou sendo tratado pelo médico do Ronaldinho", completou o presidente. Lula disse não saber como torceu o pé. "Nem sei como foi", afirmou, ao sair de cadeira de rodas de uma das salas do hotel onde concedeu entrevista à imprensa. Por causa da torção, Lula acabou cancelando dois compromissos na reunião de cúpula da África e América do Sul na última quarta-feira. Não participou de um jantar oferecido pelo presidente da Nigéria aos chefes de Estado nem foi à inauguração de uma exposição de fotos sobre negros brasileiros na Embaixada do Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.