Lula diz que não rejeitará apoio de Quércia

O pré-candidato à presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), disse que aceitaria o apoio político do ex-governador paulista Orestes Quércia à sua candidatura. Também serão bem-vindos os votos dos filiados ao PMDB que se opõem ao governo de Fernando Henrique Cardoso. "Não posso rejeitar voto", disse Lula.Ao se considerar um político plural, que mantém um bom relacionamento com os maiores empresários do País, Lula mandou um recado aos petistas contrários à provável aliança com o PL. ?Os que criticam as alianças políticas precisam ter a exata dimensão das diferenças sociais, econômicas e culturais de um País com 8,5 milhões de quilômetros quadrados. Se o PT não levar em conta as diferenças regionais, será sempre um grande partido de oposição?, afirmou. "Assim, nunca chegaremos ao poder", disse. Ele reconheceu que há muita gente dentro e fora do seu partido que não quer ganhar as eleições de outubro, mas manter indefinidamente o status de oposição. "Hoje, o PT é um partido maduro e responsável", disse.Lula revelou que o PT nunca esteve tão perto de ganhar a eleição presidencial como agora, mas para isso será preciso uma ?aliança programática? com os ?setores democráticos da sociedade brasileira?, para governar o País. E exemplificou o que afirmou apontando para o senador José Alencar (PL-MG), considerando-o um homem digno e honrado.O pré-candidato do PT disse que aceitou o convite de Alencar para conhecer as empresas do grupo Coteminas, na Paraíba. Defendeu a indústria nacional e condenou o ?projeto neoliberal? implantado pelo atual governo.Lula e Alencar visitaram a Toalia, no distrito industrial, e depois foram fazer uma visita de cortesia ao governador José Maranhão, na granja Santana, residência oficial do governador. Às 14 horas, embarcaram no aeroporto Castro Pinto para Campina Grande, onde vão se encontrar com políticos e empresários, além de visitar a Embratex, outra empresa têxtil do grupo Coteminas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.