Lula diz que não pode legalizar a bandidagem

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse não poder, em nome do desemprego, legalizar o crime organizado e a lavagem de dinheiro, ?porque, amanhã, poderão pedir para legalizar a prostituição infantil?. "Não me peçam para cometer ilegalidades; legalizar a bandidagem", disse ele ao se referir às manifestações e às faixas de protesto com as quais tem se deparado em suas viagens. O pessoal do bingo fez apitaço em frente à maternidade no momento em que ele a inaugurava. Lula afirmou que não adianta ter pressa, pois "tudo exige um tempo" e, nos 14 meses de governo foi feita base. "Estamos na primeira fase, preparando estrutura para o Brasil dar o passo seguinte". Em seguida, Lula e sua comitiva se dirigiram ao Bairro da Torre para a entrega de casas populares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.