Lula diz que não permitirá a volta da inflação

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que o governo não vai permitir a volta da inflação. Foi o próprio presidente quem tomou a iniciativa de abordar o tema, no encerramento da entrevista que concedeu a emissoras de rádio,hoje, em Brasília. Após referir-se à redução de 0,25 ponto porcentual na taxa Selic, decidida ontem pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom),Lula justificou a redução no ritmo de corte da taxa básica de juros. "Não arredaremos o pé da nossa responsabilidade", prometeu.O presidente argumentou que o prejuízo da inflação atinge diretamente o bolso das pessoas que vivem de salário. "O Banco Central vai continuar com o cumprimento da meta, pois não vamos permitir que aconteça o que aconteceu nos outros anos." Lula advertiu que ninguém vai ganhar dinheiro com o aumento da inflação. "Podem tirar o cavalo da chuva, pois ela (a inflação) não vai voltar."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.