Lula diz que não há divergências entre ele e Dilma

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente Dilma Rousseff afirmaram na noite desta quarta-feira que não têm nenhum desentendimento quanto aos rumos da CPI do Cachoeira. Segundo informações de bastidores, Lula e Dilma teriam divergido quanto à escolha do relator da CPI. O ex-presidente queria o deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP) e a presidente Odair Cunha (PT-MG). Prevaleceu a vontade de Dilma.

TÂNIA MONTEIRO, Agência Estado

25 de abril de 2012 | 22h50

Indagado se no longo encontro de ontem à tarde, no Palácio da Alvorada, eles haviam acertado os ponteiros, Lula respondeu: "Nosso relógio é suíço. Jamais ele vai ter de atrasar ou adiantar. Nós nunca temos de acertos os ponteiros". Já a presidente Dilma afirmou que o encontro e a conversa foram ótimos. "Foi ótimo, a comida estava ótima", disse a presidente.

Tudo o que sabemos sobre:
CPI do CachoeiraLulaDilma

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.