Lula diz que investigação em obras do PAC é do próprio governo

Ao comentar a operação da PolíciaFederal sobre desvios de recursos para obras do Programa deAceleração do Crescimento (PAC), o presidente Luiz Inácio Lulada Silva disse, nesta terça-feira, que a investigação érealizada pelo próprio governo para fiscalizar a aplicação dodinheiro no programa. "É importante na medida que fazemos convênios com asprefeituras, que haja um acompanhamento do dinheiro federalenviado ao município para saber se está sendo aplicadocorretamente", disse Lula a jornalistas, após participar de umencontro com empresários para debater medidas pelos direitoshumanos, na capital paulista. A Polícia Federal prendeu, na semana passada, 26 pessoasacusadas de envolvimento em um esquema que desviou 700 milhõesde reais de obras de construção civil, a maior parte do PAC, namaior operação da PF realizada este ano. Durante a operação, foram cumpridos mandados de busca eapreensão em oito Estados, inclusive na Câmara dos Deputados,em Brasília, e em prefeituras de Minas Gerais e Rio de Janeiro. "(A investigação) É sinal que queremos que cada real que ogoverno transfere seja aplicado na obra que foi contratada, eque não precisa de intermediários", acrescentou. De acordo com a PF, entre as obras que tiveram recursosdesviados estão a construção de casas populares e de estaçõesde tratamento de esgoto em várias cidades. Por causa dosdesvios, a realização dos projetos e sua qualidade foramcomprometidas, segundo a polícia. O PAC é o principal programa do governo Lula voltado paraobras de infra-estrutura, urbanização e saneamento básico. (Por Carmen Munari)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.