Lula diz que 'governar é mais difícil que discursar'

Presidente se reuniu com Álvaro Colom e diz que 'dificilmente as pessoas querem visitar países pobres'

LUCIANA NUNES LEAL, Agencia Estado

04 de abril de 2008 | 14h20

Em discurso no almoço em homenagem ao presidente da Guatemala, Álvaro Colom, o presidente  Luiz Inácio Lula da Silva disse que governar é muito mais difícil do que discursar no palanque durante a campanha. Ele se dirigia ao colega guatemalteco, que tomou posse em janeiro. "Você tem quatro anos de governo e deve ter descoberto que governar é muito mais difícil do que discursar no palanque durante a campanha", afirmou Lula.Ao justificar a prioridade do seu governo nas relações com países da América do Sul, América Latina e África, Lula disse que durante muitos anos a política externa do Brasil priorizou os países ricos. "Dificilmente as pessoas querem visitar os parentes mais pobres. Todo mundo gosta de visitar os parentes ricos", brincou. Mais tarde, Lula iniciou almoço com Colom, no Palácio do Itamaraty, e depois deve voltar ao Palácio do Planalto para despachos internos, já que deverá cancelar a viagem ao Guarujá, no litoral paulista, onde participaria do lançamento de um novo programa de turismo para idosos ao lado da ministra do Turismo e possível candidata à Prefeitura de São Paulo, Marta Suplicy.

Tudo o que sabemos sobre:
LulaÁlvaro Colom

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.