Lula diz que FHC deveria 'ficar quieto'

Petista aproveitou lançamento de livro em São Paulo para rebater críticas de tucano a Dilma

Daiene Cardoso, da Agência Estado,

26 de fevereiro de 2013 | 21h11

SÃO PAULO - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva rebateu nesta terça-feira, 26, as críticas do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que na segunda-feira, 25, chamou a presidente Dilma Rousseff de "ingrata". "Eu acho que o Fernando Henrique Cardoso deveria, no mínimo, ficar quieto", respondeu Lula durante o lançamento do livro do jornalista Mino Carta, em uma livraria de São Paulo.

Para Lula, FHC deveria contribuir para que Dilma continue "governando bem" o País. "Acho que ele não deveria falar. O que ele deveria é contribuir para a Dilma continuar a governar o País bem, ou seja, deixa ela trabalhar. Ela sabe o que faz. Não é todo dia que o País elege uma mulher presidente", acrescentou o petista.

Sobre a possível candidatura do senador Lindbergh Faria (PT-RJ) à sucessão do governador Sérgio Cabral (PMDB), Lula desconversou. "Gente, como é que eu vou saber? Eu não acompanho nem a política do Estado de São Paulo. Eu, depois que deixei a presidência, parei de acompanhar a política", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
LulaFHCDilma

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.