Lula diz que é cedo para decidir candidatura

O presidente de honra do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, disse hoje que não pretende decidir agora se vai disputar ou não uma nova candidatura à presidência da república, em 2002. Lula afirmou que o prazo para a definição, até março próximo, foi um prazo pessoal e não ao partido. "Com 21 anos se obtém a maioridade civil. Ao completar 21 anos amanhã, o PT não depende mais do Lula, tem uma imensidão de quadros. Não estou com disposição de me definir agora", afirmou Lula.Ele disse ainda que o PT tem nos nomes do senador Eduardo Suplicy, do governador do Rio Grande do Sul Olívio Dutra e do ex-governador de Brasília, Cristóvam Buarque, candidatos que podem substitui-lo. "Uma decisão agora implicaria em muita coisa", disse Lula negando-se a dizer se poderia ou não disputar a presidência da república pela quarta vez.Sobre o resultado de recente pesquisa de intenção de voto, que deu a ele 30% da preferência dos eleitores, Lula fez uma brincadeira. "Peço a Deus que essa votação migre se o candidato for outro, vou trabalhar para isso. Com esses 30% da pesquisa, mas 30% que vamos conseguir, são 60%, ai já estamos dentro", afirmou Lula.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.