Lula diz que crise de Renan é problema do Senado

Por intermédio de sua assessoria de imprensa do Palácio do Planalto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva comentou que o pedido de licença por 45 dias do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) deveria mesmo partir do Congresso, sem interferência do Planalto. "Sempre disse que a crise do Senado era do Senado. A solução deveria vir do Senado e foi o que aconteceu".Hoje, Renan Calheiros anunciou em pronunciamento transmitido ao vivo pela TV Senado o seu afastamento da Presidência do Senado por 45 dias para responder às acusações que pesam contra ele. Desde o início da crise, Calheiros negava a possibilidade de se afastar da Mesa Diretora da Casa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.