Lula diz que aliança de Zeca do PT é "pesadelo"

O presidente de honra do PT, Luis Inácio Lula da Silva, afirmou há pouco que espera que "não passe de um pesadelo do qual vamos acordar amanhã" a decisão do governador do Mato Grosso do Sul, Zeca do PT, de convidar o pefelista Paulo Queiroz para integrar seu secretariado. "Acreditar que trazendo pessoas com esse perfil ideológico teremos governabilidade só por causa do seu livre trânsito no governo federal é um grande equívoco", disse. Lula comentou a decisão de Zeca do PT durante o seminário Socialismo e Democracia na sede nacional do PT em São Paulo. Lula afirmou que ainda não acreditava na decisão de Zeca do PT e que soube dela pelos jornais. Assim que Lula acabou sua palestra, o presidente do PT, deputado José Dirceu, confirmou a decisão do governador do Mato Grosso do Sul e também a criticou. Dirceu disse que a decisão já começara a ser discutida dentro do partido. "Zeca também nos chamou para conversar". informou. Além de Dirceu e Lula participam do seminário a prefeita de São Paulo, Marta Suplicy, o ex-prefeito de Porto Alegre Raul Pont e outras lideranças do PT.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.