Lula diz que adversários vão baixar o nível

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva alertou agora à noite, em comício em Foz do Iguaçu, as pessoas que o ouviam para ficarem preparadas nos próximos dias. "Nossos adversários vão ficar nervosos, vão baixar o nível na televisão, eles vão tentar inventar o que sempre inventaram", afirmou.

EVANDRO FADEL, Agência Estado

02 de setembro de 2010 | 23h21

Ele reforçou sua ligação com a candidata do PT, Dilma Rousseff, ao dizer que os adversários diziam que ela não estava preparada e não tinha experiência política. "Mas não sabiam que o sucesso do Lula depende muito da Dilma e o sucesso da Dilma depende muito do Lula", disse. "Votar nela é a mesma coisa que estar votando em mim."

Diferente de Dilma, que procurou não fazer qualquer referência aos adversários, Lula foi mais enfático, pedindo que os simpatizantes das candidaturas de Dilma à Presidência e de Osmar Dias (PDT) ao governo do Paraná saiam às ruas. "A gente não ganha eleição dentro de casa, a gente ganha nas ruas. E esta eleição está mais fácil porque os adversários não têm coragem de fazer comício", afirmou.

O presidente já começou o discurso anunciando que a candidata estava entusiasmada. "Recebeu informações de que nosso adversário bateu tanto que ela passou 12 pontos em São Paulo", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2010LulaDilmaadversários

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.