Lula diz ao PMDB que ministério ainda é do partido

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva aproveitou encontro que teve na quarta-feira com líderes do PMDB para dizer ao presidente do partido, Michel Temer, que o Ministério de Minas e Energia é da cota dos peemedebistas. Lula disse apenas que gostaria de pedir que a direção do partido avalizasse o nome, mesmo sabendo que a escolha será feita pelos senadores José Sarney (AP) e Romero Jucá (RR). Afirmou, ainda, que só preencherá o cargo depois da negociação da CPMF. De acordo com informações da cúpula do PMDB, o partido continua a defender a recondução de Silas Rondeau ao cargo, mas vai esperar a denúncia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.