Lula diz acreditar ´piamente´ na inocência de Mercadante

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, disse neste sábado que acredita "piamente" na inocência do senador petista Aloizio Mercadante, indiciado na sexta-feira pela Polícia Federal por crime eleitoral no episódio da tentativa de compra do dossiê Vedoin, que seria usado contra políticos do PSDB durante a campanha eleitoral. "Estou certo de que o senador Aloizio Mercadante é inocente. Acredito piamente na sua inocência", afirmou Lula após participar de cerimônia de Natal na associação de catadores de papel Cooperativa Central do Cata Sampa, na capital paulista. Lula disse ainda que será preciso, a partir de agora, apurar os fatos com a devida legalidade.

Agencia Estado,

23 Dezembro 2006 | 14h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.