Lula discute como compensar perda da CPMF

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reunirá hoje com ministros e técnicos da área econômica no Palácio do Planalto. A reunião foi convocada pelo presidente para que a equipe discuta as primeiras medidas do governo para compensar a perda de R$ 40 bilhões que deixarão de ser arrecadados este ano depois que o Congresso Nacional rejeitou a prorrogação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). Como o presidente já avisou que não fará nenhum pacote econômico, um interlocutor do presidente confirmou que uma das propostas em discussão é o aumento da alíquota de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). O governo está preocupado, no entanto, com dois aspectos: não penalizar o pequeno investidor e nem os tomadores de empréstimo de baixa renda. A equipe econômica deve discutir critérios para o aumento, estabelecendo alíquotas diferentes para operações financeiras que envolvam volumes maiores e menores de recursos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.