Ayrton Vignola/AE - 21/11/2011
Ayrton Vignola/AE - 21/11/2011

Lula deve deixar hospital nesta noite, afirma médico

Mais cedo nesta terça-feira, a equipe que trata do câncer de laringe do ex-presidente não descartava a hipótese de ele passar mais uma noite na unidade médica

Gustavo Uribe, da Agência Estado

22 de novembro de 2011 | 15h09

O cardiologista Roberto Kalil Filho informou nesta tarde que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve receber alta médica do Hospital Sírio-Libanês na noite desta terça-feira, 22. Mais cedo, a equipe médica que trata do câncer de laringe do ex-presidente não descartava a hipótese de ele passar mais uma noite na unidade médica, onde desde segunda-feira, 21, é submetido à segunda etapa do ciclo de quimioterapia.

O cardiologista, que é também médico pessoal do ex-presidente, informou que ele deve retornar à sua residência, em São Bernardo do Campo (SP), entre 20h e 21h. Em casa, Lula será acompanhado por uma equipe de enfermeiros e receberá, até o próximo sábado, medicamentos quimioterápicos por meio de uma bomba de injeção, ligada a um cateter colocado sob a pele abaixo do ombro direito.

Nesta manhã, o ex-presidente tomou soro e descansou. Ele também recebeu a visita do advogado e ex-deputado federal Sigmaringa Seixas. A presidente Dilma Rousseff telefonou na segunda-feira para a equipe médica para saber detalhes do estado de saúde de Lula.

Na primeira sessão de quimioterapia, há duas semanas, o ex-presidente sentiu como efeitos colaterais fadiga, enjoo e perda de parte do paladar. A segunda etapa do tratamento costuma ser mais agressiva, o que gera efeitos colaterais mais fortes.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
saúdeLulatratamentocâncerhospital

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.