Lula desembarca na Rússia com comércio e Irã na pauta

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva desembarcou hoje em Moscou, onde cumpre agenda de menos de 24 horas. Embora haja um interesse muito grande em discutir meios de aumentar para US$ 8 bilhões o comércio entre os dois países, que em 2009 ficou em apenas US$ 4 bilhões, o principal tema do encontro será a visita de Lula ao Irã.

TÂNIA MONTEIRO, ENVIADA ESPECIAL, Agência Estado

13 Maio 2010 | 13h08

O presidente brasileiro quer obter da Rússia mais um apoio para desembarcar no Irã, no domingo, com respaldo para cobrar do presidente do país, Mahmoud Ahmadinejad, o compromisso de reabrir negociações sobre a questão nuclear iraniana, tentando evitar, assim, que o país possa ser punido com sanções impostas pelo Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU).

Seis acordos serão assinados entre Brasil e Rússia. Mas, uma medida prática poderá reforçar o turismo entre os dois países. Dentro de um mês estará suspensa a exigência de visto para quem fizer uma viagem de até 90 dias.

O primeiro compromisso de Lula está marcado para amanhã de amanhã: a deposição de flores no túmulo do soldado desconhecido. Depois, ele participa de encerramento do encontro empresarial Brasil-Rússia e segue, então, para o Kremlin, onde se reúne com o presidente Dmitri Medvedev. Por último, Lula se encontrará com o primeiro-ministro russo, Vladimir Putin. De Moscou, o presidente brasileiro embarca para o Qatar e depois, para o Irã.

Mais conteúdo sobre:
diplomacia Lula Rússia comércio Irã

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.