Reginaldo Manente/Estadão
Reginaldo Manente/Estadão

Lula depôs pela primeira vez há 36 anos

Em 1981 o então sindicalista compareceu à Justiça Militar; nesta quarta-feira, 10, ele foi à Justiça Federal

Sara Abdo, O Estado de S.Paulo

10 de maio de 2017 | 19h55

Após ser indicado por comandar as greves operárias entre 1978 e 1979, o então operário e sindicalista Luis Inácio Lula da Silva depôs pela primeira vez à Justiça, há 36 anos. Em 18 novembro de 1981 ele compareceu ao prédio da 2ª Audiotira da Justiça Militar, em São Paulo, acompanhado de sua esposa Marisa Letícia (morta em 2017).  

Na ocasião Lula foi julgado pela Justiça Militar, que ainda seguia o código criminal da Ditadura.  O caso foi analisado sob o Artigo 36 da Lei de Segurança Nacional, nº 6.620 de 17 de dezembro de 1978, sobre incitação de desobediência civil às leis e à animosidade entre as Forças Armadas e as classes sociais. Lula foi condenado a três anos de reclusão por incitamento à desobediência coletiva às leis. Ele recorreu, em liberdade, e foi absolvido no ano seguinte. 

Dessa vez. Em 2017, Lula está novamente em um processo, dessa vez da Justiça Federal. Nesta quarta-feira, 10, ele depôs ao juiz Sergio Moro, em Curitiba. O agora ex-presidente é acusado pela Procuradoria da República, em Curitiba, por suposto recebimento de R$ 3,7 milhões em propinas da construtora OAS.

O depoimento faz parte da Operação Lava Jato e será incluído no processo em que Lula é julgado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro - ampliação, reforma e decoração de um triplex no Guarujá (SP), que são considerados "benesses" em troca de negócios na Petrobrás. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.