Lula deixa Incor e diz que vai manter agenda de viagens

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu entrevista coletiva esta manhã, antes de deixar o Instituto do Coração (Incor), em São Paulo, com destino à Brasília. Bem-humorado, disse que vai manter a agenda de viagens prevista antes da crise hipertensiva que teve quarta-feira em Recife, quando embarcaria para o Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça. "Vou continuar viajando e tenho a saúde perfeita", afirmou. "Parece que os exames estão perfeitos."

JOANA MATUSHITA, Agencia Estado

30 de janeiro de 2010 | 11h26

Lula atribuiu a crise de quarta-feira - sua pressão foi a 18 por 12 - ao excesso de cansaço e às poucas horas de sono. Mesmo dizendo que vai manter a rotina de viagens e compromissos, o presidente reconheceu que aumentará os cuidados com a saúde. "Vou melhorar a qualidade da minha dieta e da (parte) física", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
hipertensãoLulaIncorviagens

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.