Lula decide priorizar reformas tributária e política

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu dar prioridade a duas reformas a serem encaminhadas ao Congresso: a tributária e a política, segundo informaram participantes da reunião do Conselho Político realizada nesta quarta-feira. Os dirigentes dos dez partidos políticos que participaram da reunião terão 45 dias para apresentarem suas propostas e tentar conciliar com projetos que já tramitam no congresso. De acordo com informações do presidente do PP, Nélio Dias, o presidente marcou para a próxima quarta-feira um novo encontro com Conselho Político para anunciar as medidas para a retomada com o crescimento. A reunião do conselho político é o primeiro ato conjunto da coalizão. Ela coroa as alianças feitas pelo presidente da República desde a eleição para dar sustentação ao próximo mandato. Nove legendas foram convidadas a participar - PT, PMDB, PSB, PDT, PCdoB, PR, PRB, PTB, PV e PP, este recém-chegado ao grupo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.