Lula dá prioridade à campanha de Mercadante

Na reta final da corrida eleitoral, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva dá prioridade à campanha do candidato do PT a governador de São Paulo, Aloizio Mercadante, na tentativa de ajudá-lo a disputar o segundo turno contra o tucano Geraldo Alckmin. Além do comício na noite de hoje em São Bernardo do Campo, Lula fará uma caminhada no sábado na cidade do ABC paulista, com partida prevista do Sindicato dos Metalúrgicos.

GUSTAVO PORTO, Agência Estado

30 de setembro de 2010 | 20h20

O local escolhido pelos petistas foi onde Lula se tornou conhecido, quando, ainda metalúrgico e presidente do sindicato, liderou greves nas décadas de 1970 e 1980 e iniciou o movimento de fundação do PT.

Lula votará em São Bernardo do Campo no domingo e pode permanecer na cidade caso haja a festa de uma possível eleição da candidata a presidente pelo PT, Dilma Rousseff, prevista para ser realizada na capital paulista.

Já Mercadante centralizará sua agenda até a votação de domingo na Grande São Paulo. Amanhã ele fará campanha na capital paulista. No sábado, acompanhará Lula em São Bernardo do Campo pela manhã e deve encerrar o dia em um evento organizado pelo comando de sua campanha, possivelmente em São Paulo.

Para o presidente estadual do PT, Edinho Silva, um dos coordenadores da campanha de Mercadante, o cenário de crescimento do senador nas pesquisas eleitorais, a possibilidade de ele disputar o segundo turno e a estabilidade de Dilma nas pesquisas presidenciais justificam a opção de Lula. "O Mercadante tem um avanço acentuado, como mostrou todas as pesquisas, e Dilma vai vencer no primeiro turno. Por isso, centralizamos todas as forças em São Paulo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.