Lula confirma preferência por Dilma nas eleições de 2010

Em entrevista a jornais italianos, presidente diz que recomendará o nome da ministra da Casa Civil ao partido

Leonêncio Nossa, de O Estado de S. Paulo,

13 de novembro de 2008 | 08h10

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirmou que a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, é a candidata dele à presidência da República. Em entrevista publicada nesta quinta-feira, 13, por jornais italianos, Lula disse que já está "com saudades" do poder. Lula, relata a reportagem, sorriu quando foi perguntado por um repórter quem deveria "tomar o seu lugar" na Presidência e disse que levará o nome de Dilma Rousseff ao partido.    Veja também:  Eu prometo   Geografia do voto   Crise financeira desafia capital político de Lula  PT paulista traça estratégia para 2010  Chinaglia diz que PT poderia ter feito mais nessas eleições   "Bem, há um pouco de saudade e melancolia quando penso nisso. Desde as eleições de 89 é a primeira vez que não serei candidato. Mas no próximo ano nós decidiremos. Haverá um debate interno no PT, o meu partido. E por fim apresentaremos o nosso candidato", afirmou. "Eu na verdade tenho um nome na cabeça. O de Dilma Rousseff, chefe da Casa Civil do governo. Ainda não falei com ela, mas creio que poderá ser uma boa candidata."   O presidente defendeu um amplo entendimento dos partidos da base em torno de um nome para a sucessão. "De toda forma, o governo continua levando adiante o seus programas para concluir o que tínhamos planejado. Se vencermos ou não, acredito que o ideal seria uma base ainda mais ampla de partidos e um programa muito sólido para os próximos oito anos".   Na entrevista, Lula voltou a defender mudanças na estrutura da Organização das Nações Unidas (ONU), o fim do embargo à Cuba e mais empenho dos países ricos para acabar com a crise financeira internacional. "Quando a crise atingia o Brasil e a Argentina, todos sabiam o que fazer. Agora que afeta os países ricos, ninguém sabe". Logo mais Lula será recebido pelo Papa Bento XVI.

Tudo o que sabemos sobre:
LulaDilmaeleições 2010

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.