Lula conclama Senado a aprovar a CPMF

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao inaugurar uma ponte e um contorno rodoviário de oito quilômetros em Colatina, disse que "Quer acabar com a CPMF o DEM, que torce todo santo dia para as coisas não darem certo neste País, por eles governado durante 500 anos, e não conseguiram fazer o que o País queria que fosse feito". E acusou: "Ora, eles agora ficam com discurso de que é muito imposto, na verdade, quem tem medo da CPMF é quem sonega imposto, eles são os que tem medo da CPMF. A CPMF é um imposto que vai detectar quem está sonegando".Lula conclamou o Senado a aprovar a CPMF: "O Senado vai tomar uma decisão. Eu tenho a convicção que eles vão votar, e que a aprovação da CPMF vai permitir a gente voltar a este Estado, inaugurar as escolas, ou inaugurar hospitais, melhorar a saúde, melhorar a educação e a gente vai poder devolver ao povo brasileiro, o orgulho que nós nunca deveríamos ter perdido e sermos brasileiros com b maiúsculo".De Colatina, o presidente seguiu de helicóptero para Vitória, acompanhado pelo governador Paulo Hartung (PMDB), dos senadores Renato Casagrande (PT-ES), Gerson Camata (PMDB-ES) e ainda do ministro Alfredo Nascimento (dos Transportes). Na capital do Espírito Santo, Lula vai assinar nove contratos de repasses de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para obras de saneamento e urbanização de favelas, num total de R$ 145,7 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.