Lula comete (de novo) erro histórico em discurso

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a cometer um erro histórico em seu discurso hoje de manhã no BNDES, ao dizer que o ex-general e ex-imperador francês Napoleão Bonaparte esteve na China. "Quando Napoleão Bonaparte visitou a China, ele cunhou uma frase que ficou muito famosa junto aos chineses. Disse ele: ?A China é um gigante adormecido. No dia em que a China acordar o mundo vai tremer.? Possivelmente, se ele na mesma época tivesse visitado o Brasil, também diria o mesmo", comentou o presidente, na presença do embaixador da China no Brasil, Jiang Yuande. Apesar de ser o autor da citação, Napoleão nunca esteve na China, nem em qualquer outro país asiático. "Napoleão não chegou nem perto da China. O máximo de Oriente onde chegou foi o Egito. Ele dizia que quem conquistasse a China conquistaria o mundo, por causa da população alentada que já existia naquela época, pela riqueza e por todo o interesse que o país despertava", disse o professor de História da PUC/Rio e da Universidade Cândido Mendes Márcio Scalércio.Não é a primeira vez que Lula põe indevidamente Napoleão na China. Na inauguração de exposição de arte chinesa no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, ele já havia cometido a barbeiragem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.