Lula comemora PIB e viagens à China e ao México

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva comemorou hoje com assessores do Palácio do Planalto os resultados positivos obtidos durante a viagem de oito dias que fez à China e ao México e também a recuperação do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. "Estou muito satisfeito", comentou o presidente. Ele afirmou que talvez a semana passada tenha sido a mais feliz nos últimos tempos. Nas conversas com os assessores, o presidente ressaltava o fato de o PIB ter apresentado crescimento em dois trimestres consecutivos. Isso prova, na avaliação do presidente a assessores, que o País está entrando na rota do crescimento sustentado. Em uma das conversas com o presidente, o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, ao comentar os resultados, teria brincado: "Acho melhor eu viajar mais porque, quando viajo, tem notícia boa no Brasil". Palocci referia-se ao fato de que o PIB do primeiro trimestre deste ano, que apresentou um crescimento de 2,7% em relação ao mesmo período de 2003, ter sido divulgado quando os dois estavam fora do Brasil. Lula considerou a viagem ao México bastante proveitosa. Como exemplo, citou aos assessores o fato de em um só dia ter tido conversas com seis chefes de Estado: Vicente Fox, presidente do México; José Luiz Zapatero, primeiro-ministro da Espanha; Gerhard Schröder, primeiro-ministro da Alemanha; Jacques Chirac, primeiro-ministro da França; Romano Prodi, presidente da Comissão Européia. A expectativa do presidente é de que até outubro seja acertado um acordo entre América do Sul e União Européia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.