Lula cobra do PT responsabilidade e alianças na sucessão em SP

Presidente se reunirá com dirigentes paulistas e deve lembrá-los que precisam negociar com outros partidos

Leonencio Nossa, de O Estado de S.Paulo,

21 de julho de 2009 | 16h21

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva cobrou do PT paulista, nesta terça-feira, 21, "responsabilidade" no processo da sucessão estadual de 2010. Em entrevista no Palácio do Itamaraty, Lula não falou sobre a reunião que deverá ter com dirigentes paulistas do partido, mas deu a entender que, nessa reunião, com data ainda não definida, lembrará aos petistas precisam negociar alianças com outros partidos.

 

"As pessoas sabem o que eu penso. Portanto, o PT tem que ter uma ação de responsabilidade, saber a força que tem em cada Estado e a perspectiva que temos ou não de fazer alianças políticas", disse o presidente. E completou: "O PT tem 20 anos de história. Já aprendeu que tem de fazer política de alianças para ganhar as eleições."

Tudo o que sabemos sobre:
LulaPTsucessão 2010

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.