Lula cita Ronaldo e ele como exemplos de persistência

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse, em discurso para uma platéia formada por estudantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), que o exemplo dele, que perdeu três eleições, e do jogador Ronaldo, que se machucou antes da Copa de 2002 e depois foi campeão mundial, são exemplos de persistência na vida."Quando eu perdi as eleições, o pessoal falava: ´Desista!´ Eu não desisti e virei presidente da República, e o Ronaldo, quando machucou a perna jogando na Inter de Milão, ouviu as pessoas dizerem: "Acabou para o futebol", lembrou Lula. "Estou dizendo isso porque, quando vocês estiverem em dificuldades e pensando em desanimar, olhem para o céu e agradeçam a Deus a oportunidade que vocês tiveram".Ainda no discurso, feito na Olimpíada do Conhecimento, que se realiza no Centro de Convenções de Olinda, o presidente voltou a afirmar que o desenvolvimento do Nordeste é uma prioridade do seu governo. "Eu tenho por lema o desenvolvimento do País e, dentro do País, o desenvolvimento do Nordeste", afirmou.Lula ressaltou, também, que o governo busca o aumento das exportações e a melhoria do ensino técnico. Observou, também, que a vida é uma disputa, em que as pessoas perdem e ganham, sugerindo que está num bom momento com o eleitorado.

Agencia Estado,

10 de março de 2006 | 15h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.