Lula chama Dunga de Tuma ao comentar convocação

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva cometeu uma gafe hoje, ao trocar o nome do técnico da seleção brasileira, Dunga, por "Tuma". O secretário nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior, é acusado de ter ligações com Paulo Li, apontado como um dos líderes da máfia chinesa em São Paulo.

RAFAEL MOURA, Agência Estado

12 Maio 2010 | 15h31

Em evento no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em Brasília, Lula assinou duas medidas provisórias relacionadas aos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. Ao falar de improviso, comentou a convocação de jogadores para a Copa do Mundo de 2010.

"Pode ter faltado um ou outro jogador, no gosto de cada um, mas a verdade é que o Tuma, oh... a verdade é que o Dunga está levando para lá um time vencedor", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.