Lula chama Dilma mais uma vez de 'mãe do PAC' no RJ

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentou hoje, mais uma vez, a chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, como "a mãe do PAC" (Programa de Aceleração do Crescimento). Lula participou, no centro de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, da cerimônia de início das obras do PAC no Grande do Rio. Ao lado do governador Sérgio Cabral Filho (PMDB), ele referiu-se, indiretamente, à pressão da oposição na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Cartões Corporativos.Lula disse saber que os adversários não gostariam que ele viajasse pelo País para participar de eventos ligados ao programa. Lula desafiou: "Enquanto a oposição grita e xinga, a gente trabalha. Vamos ver quem é que vai gerar mais resultado para o povo brasileiro." Ao contrário da última visita do presidente ao Estado, quando o acompanhou em favelas que receberão projetos do PAC, Dilma também discursou hoje e pediu à população que ajude a fiscalizar os empreendimentos. Segundo ela, o PAC investirá R$ 75 bilhões no Rio até 2010. A solenidade ocorreu próxima a uma favela e contou com a presença de centenas de moradores, que aplaudiram muito Lula, Cabral e o prefeito da cidade, Washington Reis (PMDB), pré-candidato à reeleição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.