Lula: caso Renan não prejudicou governo e nem Senado

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que a crise em torno do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), não causou prejuízos ao governo e ao Senado. "O problema com o Renan não prejudicou em nada até agora. O Senado está votando tudo. Votou um monte de coisas na semana passada", afirmou Lula, após almoço no Palácio do Itamaraty com o presidente de Benin, Boni Yaji."Isso é um assunto que o Senado poderia ter resolvido em uma semana. Não resolveram. Não resolveram porque queriam criar caso. É o típico caso do quanto pior, melhor", afirmou o presidente. Lula negou que o governo esteja fazendo qualquer articulação em torno da sucessão de Renan. "Não estamos nos mexendo. Essa é uma questão do Senado. O que estou vendo pela imprensa é que o Renan apresenta documentos em sua defesa e não aceitam", concluiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.