Lula brincou com aparência de troféu de Davos, diz Amorim

Presidente não pode ir ao Fórum na Suíça na semana passada, porque sofreu uma crise de hipertensão

Leonêncio Nossa, da Agência Estado,

04 de fevereiro de 2010 | 12h08

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu nesta quinta-feira, 4, das mãos do ministro de Relações Exteriores, Celso Amorim, o troféu do prêmio Estadista Global, concedido pelo Fórum Econômico Mundial, em Davos. Lula não pode ir a Davos, na semana passada, porque sofreu uma crise de hipertensão.

Na audiência, Lula, segundo Amorim, brincou, e disse que o troféu parecia um cristal de Cristalina, cidade produtora de pedras semipreciosas, de Goiás. Em rápida entrevista, confirmou que o presidente viajará, dia 25, para Porto Príncipe, onde anunciará um pacote de ajuda ao Haiti, que se recupera dos efeitos do terremoto do último dia 12.

Ele disse que ainda não tem o valor total do pacote, porque parte das medidas será colocada em prática com recursos já disponibilizados pelo governo brasileiro. Amorim informou que embarca hoje para Buenos Aires, onde haverá um encontro bilateral com os ministros de Relações Exteriores, Fazenda e Desenvolvimento, para discutir pendências na área comercial dos dois países.

Tudo o que sabemos sobre:
LulaDavostroféupiadaCelso Amorim

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.