Lula brinca e sugere partida de futebol entre chefes da AL

'O Chávez não sabe jogar futebol, só beisebol. O Evo diz que sabe, o Calderón também', diz presidente

Denise Chrispim Marin, do Estadão,

08 de agosto de 2007 | 22h04

Ao finalizar seu discurso na noite desta quarta-feira, 8, na Universidade Politécnica de Manágua, pouco antes de deixar a Nicarágua, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sugeriu, em tom de brincadeira, a realização de uma partida de futebol entre América Central e América do Sul, na qual os jogadores seriam os chefes de Estado. Segundo Lula, o jogo poderia ser durante a Reunião de Cúpula Ibero-americana, em outubro, no Chile.   "Daniel, você não tem o biotipo de quem foi jogador de futebol. Eu sim, tenho corpo de atleta", disse Lula ao presidente nicaragüense, Daniel Ortega. "O Chávez não sabe jogar futebol, só beisebol. O Evo diz que sabe, o Calderón também, e o Kirchner diz que joga todo sábado", continuou Lula, mencionando os presidentes da Venezuela, Hugo Chávez; da Bolívia, Evo Morales; do México, Felipe Calderón; e da Argentina, Nestor Kirchner. E não poupou a presidente do Chile, Michele Bachelet: "a Michele não joga futebol, joga vôlei".   A este altura, o presidente lembrou-se que da Cúpula Ibero-americana participam também dirigentes de Portugal e Espanha e reformulou sua "proposta": "Poderia ser também uma partida entre América Latina e Europa", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
LulaChávezEvoCalderónOrtega

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.