Lula brinca com volta da rouquidão em sua voz durante palestra em SP

'Não se preocupem, não é um câncer', disse o ex-presidente, ao lado do espanhol Felipe González

GUSTAVO PORTO, Agência Estado

26 de março de 2013 | 14h08

SÃO PAULO - O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva brincou no início da tarde desta terça-feira, 26, com a rouquidão que o atrapalhava no pronunciamento durante o seminário "Novos Desafios da Sociedade", realizado em São Paulo. "Me desculpem a garganta, está cansada e fiquei rouco. Não se preocupem, não é um câncer", disse. "Embora eu tenha deixado a Presidência, eu não perdi o hábito de falar muito", afirmou Lula, que recentemente chegou de uma viagem a países da África.

Durante a apresentação, o ex-presidente da Espanha Felipe González também brincou com a rouquidão do colega. "Estou falando muito, estou poupando a sua garganta, amigo Lula", afirmou.

Em outubro de 2011, Lula descobriu um câncer na laringe e foi submetido a um tratamento que incluiu três ciclos de quimioterapia e 33 sessões de radioterapia para eliminar o tumor. O tratamento foi concluído no início do ano passado e a recuperação da voz foi acompanhada de sessões de fonoaudiologia.

Mais conteúdo sobre:
LulaSPseminário

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.