Lula assina decretos do ´Sistema S´

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou nesta quinta à noite, em solenidade na CNI (Confederação Nacional da Indústria), em Brasília, decretos que garantem a participação de representantes dos trabalhadores nos conselhos nacionais e regionais do Senai (Serviço Nacional da Indústria), Sesi (Serviço Social da Indústria), Sesc (Serviço Social do Comércio) e Senac (Serviço Nacional do Comércio) - o chamado "Sistema S".Em discurso, Lula afirmou que a inclusão dos representantes dos trabalhadores na administração das entidades do "Sistema S" é "um pulo extraordinário". Afirmou que "sempre há espaço para se querer mais, e isso faz parte da vida humana." Segundo o presidente, a inclusão dos trabalhadores no sistema era uma antiga reivindicação do movimento sindical. Lula lembrou que, nos seus tempos de sindicalista, achava que seria impossível viver o momento em que os trabalhadores passariam a participar da administração do "Sistema S".Participaram da solenidade o ministro Luiz Marinho, do Trabalho, e Fernando Haddad, da Educação, e os presidentes da CNI, Armando Monteiro Neto, e da CNC (Confederação Nacional do Comércio), Antonio de Oliveira Santos, da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, e do Conselho Nacional do Sesi, Jair Meneguelli.

Agencia Estado,

16 de março de 2006 | 22h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.