Lula: arrecadação é 'importante' na reforma tributária

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje que manter a arrecadação é "extremamente importante" na reforma tributária. "Vamos fazer uma política tributária que seja mais justa e que tenha uma parte importante de desoneração, de simplificação e de política social", afirmou. O presidente fez a declaração em entrevista, após almoçar no Itamaraty com o presidente da Guiné-Bissau, João Bernardo Vieira.Segundo Lula, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, na reunião de hoje da Câmara de Política Econômica, fez uma explanação sobre a proposta de reforma tributária que será enviada ao Congresso até o dia 30 de novembro. O compromisso foi assumido ontem com os aliados do governo para aprovação da prorrogação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). Lula defendeu a apresentação da proposta de reforma tributária também aos trabalhadores e aos representantes do movimento social. "Precisamos acabar com essa história de que tributo é uma coisa que interessa apenas aos Estados, aos municípios e aos empresários", disse. Ele ainda informou ter recomendado a Mantega que incorpore os "representantes de assalariados" no processo de negociação da reforma tributária.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.