Lula anuncia serviço de saúde bucal

O programa quinzenal de rádio "Café com o Presidente", teve a participação do ministro da Saúde, Humberto Costa, para falar sobre a saúde no Brasil, na semana em que se comemora o Dia Mundial da Saúde (dia 7 de abril), e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, anunciou um programa de saúde bucal, em que até dentaduras de graça serão oferecidas aos que não tiverem recursos. "Graças a Deus, eu posso dizer ao povo brasileiro que finalmente a boca do povo será tratada como questão de saúde pública. E o povo brasileiro vai poder falar e sorrir, sem ter vergonha de mostrar a ausência de dentes na boca. Eu acho isso extraordinário, porque neste centro de urgência também vai ter serviço de prótese", disse Lula.O presidente explicou: "Ou seja, quando uma pessoa não tiver dente, nós vamos fazer com que ela faça uma prótese da melhor qualidade. Vamos utilizar material de primeira. É apenas o Estado cumprindo o que está na Constituição, respeitando o direito do povo, e devolvendo para o povo, o dinheiro que arrecadamos dele próprio".O "Café com o Presidente" desta segunda-feira foi o 11º da série, e o primeiro a contar com um convidado, no caso o ministro da Saúde, Humberto Costa. Segundo ele, o País tem um grande compromisso, por orientação do presidente da República, de melhorar a qualidade do atendimento. ?Neste primeiro ano nós ampliamos o atendimento nas comunidades, com o programa de atendimento à família. Quase 8 milhões de pessoas passaram a ter acesso ao programa. E também trabalhamos na linha de prevenção importante, vacinando mais pessoas idosas contra a gripe, vacinando mais crianças contra a paralisia infantil, lançando programas importantes para o controle de doenças que foram negligenciadas no nosso País, como a hanseníase, a lepra e a tuberculose", afirmou. Humberto Costa salientou que o grande desafio este ano será enfrentar as filas nas emergências, o mal atendimento, a espera para se conseguir uma consulta médica, a falta do medicamento. ?E temos absoluta convicção com que o já foi feito e o que está planejado para este ano, o brasileiro será atendido com mais dignidade nos serviços de saúde".O presidente Lula lembrou que, desde 1972, quando era diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo, cuidou do departamento médico. ?Eu sempre brigava, porque as empresas grandes como a Volkswagen, Brastemp, todas, faziam convênios com empresas de assistência médica e nestes convênios não havia o atendimento da saúde bucal. Eu ficava nervoso por causa disso. E agora vamos ter um programa de saúde bucal para o brasileiro.?Segundo o ministro, "este programa vai ter tantos ações preventivas como de cura. Preventivamente vamos garantir que seja colocado fluor em todos os municípios que tenham água tratada em nosso País, para a prevenção da cárie. Nós vamos fazer o tratamento nas comunidades com o programa de saúde da família e, para isto, ampliamos em 45% as equipes de saúde bucal". Acho que este programa tem tudo para ser uma revolução no serviço de saúde no Brasil, concluiu o ministro da Saúde, Humberto Costa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.