Lula anuncia redução no ICMS para remédios

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no seu programa Café Com o Presidente, transmitido pela Radiobrás, anunciou um acordo com os governadores para a redução do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que incide em um "número muito grande de remédios". Lula salientou: "Esse é um acordo importante, em que nós contamos com a contribuição dos governadores, porque se vamos conseguir reduzir o imposto entre 12% e 15% sobre um número muito grande de remédios". Esse acordo estaria embutido na Reforma Tributária.Lula voltou a falar sobre a farmácia popular, anunciou querer vender aproximadamente 92 tipos de remédios. ?Com o tempo, nós vamos aperfeiçoando para colocar mais remédios. Com o tempo, nós vamos fazer convênios com a rede normal de farmácia para que também alguns remédios possam ser barateados como, por exemplo, remédio para hipertensão", disse. A Farmácia Popular é para atender àquelas pessoas que pegam a receita e têm de comprar o remédio numa farmácia normal. O nosso sonho é fazer isso em todas as cidades de porte grande no Brasil".O presidente disse ainda que o governo tem como objetivo produzir parte dos remédios. ?Ou seja, nós temos laboratórios públicos, nós temos a Fiocruz, nós estamos comprando uma fábrica para fazer uma parte desses remédios. Eu já cansei de ver pessoas entrarem em farmácias, perguntar quanto custa o remédio e sair sem comprar porque não têm dinheiro".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.