Lula anuncia liberação de R$ 227 mi para região Norte

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou aos governadores da Região Norte com os quais se reuniu hoje, em Rio Branco (AC), que já estão disponíveis R$ 227 milhões no Banco da Amazônia (Basa) para começar a financiar o desenvolvimento da Região. Os recursos, segundo ele, são parte do R$ 1,092 bilhão disponível no Fundo Constitucional para a Região Norte. Ao encerrar a reunião, o presidente disse que ela marca o início de um novo relacionamento do governo federal com os governos estaduais e anunciou que, proximamente, vai reunir-se também com os governadores do Nordeste, Centro-Oeste e Sul. "A reunião sinaliza o fim da era em que o desenvolvimento era pensado a partir da tecnocracia e da burocracia de Brasília", afirmou Lula. Ele disse que é preciso respeitar as diferenças sociais, econômicas e culturais de cada região para planejar o desenvolvimento de forma setorial e, asssim, melhor partilhar os resultados da produção do País. "Não é possível falar em integração da América Latina sem antes integrar o Brasil", observou.CooperaçãoO governo federal assinou com os cinco governadores da região Norte três termos de cooperação: um deles, entre os governos da região e os ministérios do Desenvolvimento Agrário e do Meio Ambiente, visando a um novo modelo de reforma agrária para a Amazônia, com a criação de projetos de assentamento para produção sustentada de madeira de corte.O segundo para redesenhar as atribuições do Banco da Amazônia (Basa) e o terceiro, criando um grupo de trabalho integrado por representantes dos governos estaduais e da União, coordenado pelo ministro da Integração Nacional, Ciro Gomes, incumbido de elaborar, no prazo de três meses a contar de hoje, um programa de desenvolvimento sustentado para a Amazônia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.