Lula anuncia 14 novas universidades federais em 2009

Presidente discursou para 10 mil pessoas durante evento em São José dos Campos, no interior do Estado

Simone Menocchi,

27 de setembro de 2008 | 13h36

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou na tarde deste sábado a criação de 14 novas unidades federais em 2009. Lula esteve em São José dos Campos, no Vale do Paraíba, no interior do Estado, onde discursou para um público de 10 mil pessoas durante a campanha do deputado estadual Carlinhos Almeida (PT) a prefeito da cidade.  Abastecido com números sobre a educação no País - como o de 535 mil estudantes nas faculdades pelo ProUni - Lula dedicou a maior do tempo de um discurso de 33 minutos ao programa do governo que estimula as pessoas a cursarem faculdades e escolas técnicas. O presidente criticou os tucanos e a gestão do PSDB na presidência, quando foi tirada a responsabilidade do governo federal de cuidar das escolas técnicas. "Nós revogamos essa lei. E por que eu, que não tenho diploma universitário, estou fazendo pelo Brasil o que os doutores fizeram?".  Lula ainda defendeu que o "pobre tem o direito de estar nas universidades federais". "Quando eu assumi eram 113 mil universitários nas faculdades federais. No ano que vem serão 227 mil. O pobre tem o direito de virar doutor", afirmou. Ele enfatizou ainda a formação universitária da mulher, dizendo que "a mulher formada conquista algo sagrado, que é a independência".

Tudo o que sabemos sobre:
LulaSão José dos Campos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.