Lula: 'Antes de apoiar Sarney, apoio o Senado'

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou na manhã de hoje, em entrevista à Rádio Tupi, que "antes de apoiar o homem José Sarney, apoia a instituição". "As críticas preconceituosas o povo nota. Então você fala: ''Bom, Lula, por que você apoia o Sarney?'' É menos do que apoiar um homem, é apoiar a instituição. Você não pode a cada vez que alguém fizer uma denúncia ao Sergio Cabral (governador do Rio de Janeiro), você tirar o Sergio, ou tirar o Eduardo Paes (prefeito do Rio). O que eu defendo? Eu defendo que haja um processo justo de investigação, uma apuração correta. Depois, que se faça um julgamento correto. Se a pessoa for culpada, ela paga pelo crime que cometeu", afirmou.

CLARICE SPITZ, Agencia Estado

18 de agosto de 2009 | 12h44

Segundo Lula, Sarney até o momento tomou as "medidas certas" e que as pessoas não podem levar a sério "o oba-oba do denuncismo". Ele citou ex-presidentes que, segundo Lula, foram vítimas de denuncismo. "Este País teve um presidente que governou com mão dura durante 15 anos chamado Getúlio Vargas. Quase tudo que nós temos foi feito por aquele homem, inclusive a Petrobras. Esse homem, nos quatro anos de democracia, foi levado ao suicídio porque era chamado de ladrão todo dia, era chamado de corrupto todo dia. Juscelino Kubitschek era chamado de ladrão todo dia. É só pegar os denuncistas da época, que era a União Democrática Nacional (UDN), porque a direita está cheia de ética para vender. Depois tivemos o Jânio Quadros, que meses depois renunciou por causa de forças ocultas. Depois João Goulart, quando tiveram que criar o parlamentarismo, caiu também. Aí foi o Collor..."

Lula disse ainda que o Senado tem os instrumentos necessários para julgar o caso. "O Senado tem instrumento, o Senado já cassou Antonio Carlos Magalhães (morto em 2007), (deputado) Jader Barbalho, (José Roberto) Arruda (governador do Distrito Federal), outros senadores. Cassou o Renan (Calheiros). Então faça um processo de investigação. O Sarney tem culpa? Tem. Merece ser cassado? Casse. O que não dá é que as pessoas achem que você pode trocar um presidente da instituição todo dia. Aí ninguém tem estabilidade."

Tudo o que sabemos sobre:
LulaSarneycriseSenado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.