Lula antecipa volta ao Brasil

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai antecipar a sua volta ao Brasil para hoje à noite e não mais amanhã às 15 horas (hora local), como estava previsto inicialmente. O motivo oficial da decisão é uma visita ao vice-presidente, José Alencar, que continua internado em São Paulo. Mas extra-oficialmente, a decisão de Lula de voltar ainda hoje ao Brasil é o esvaziamento da reunião do G-15 e a confusão interna na Venezuela. Em avaliações feitas pelas autoridades brasileiras, a reunião do G-15 está mais servindo para fortalecer a posição do presidente Hugo Chávez, do que para algum resultado concreto da política internacional. Dos 19 países que participam do G-15, só seis enviaram seus chefes de Estado ou de Governo. Todos os outros mandaram representantes. Lula tem hoje uma reunião às 10 horas (11 horas de Brasília), com os presidentes da Argentina e da Venezuela, para tratar de Mercosul e da ampliação das relações entre os três países. Às 13 horas (hora local) participará da reunião de abertura do G-15, e às 18 horas encontrará o presidente do Irã, Seyed Mohammed Khatami.À noite, Lula deve participar de um jantar oferecido pelo presidente venezuelano. Em seguida, o presidente embarcará de volta ao Brasil. A atual crise na Venezuela se deve à decisão do Conselho Nacional Eleitoral de mandar revisar as assinaturas que pedem um referendo popular para a redução do mandato de Chávez.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.