Lula aguarda parecer da AGU para decisão sobre Battisti

A declaração foi em resposta a uma pergunta sobre se teria discutido o tema com o primeiro-ministro da Itália

Francisco Carlos de Assis e Wellington Bahnemann, da Agência Estado

29 de junho de 2010 | 15h49

SÃO PAULO - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira, 29, que só quando os autos do processo de extradição do ex-ativista italiano Cesare Battisti, antigo membro do grupo de extrema esquerda Proletários Armados pelo Comunismo (PAC), estiverem em sua mesa, com um parecer da Advocacia-Geral da União (AGU), é que tomará uma decisão sobre o caso. A declaração foi em resposta a uma pergunta da imprensa sobre se teria discutido o tema com o primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, no encontro empresarial Brasil-Itália, na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), na capital paulista.

Lula destacou, no entanto, que nenhuma dificuldade afetará a relação entre os dois países. O presidente afirmou que "conhece muita gente" no Brasil e na Itália que tem "pareceres" contra a extradição de Battisti e a favor dela, mas reiterou que não tomará nenhuma decisão sem o relatório da AGU. 

Tudo o que sabemos sobre:
BattistiextradiçãoLuladecisãoAGU

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.