Lula adia decisão sobre candidatura de Ciro para março

Para não interromper o que considera o "momento Dilma", o presidente Luiz Inácio Lula da Silva orientou o deputado Ciro Gomes (PSB-CE) a aguardar até março para lançar sua candidatura. Em conversa no alojamento de um canteiro de obras do Rio São Francisco, Lula avaliou que a viagem de três dias aos sertões de Minas, Bahia, Pernambuco e Ceará marcou a união da base aliada.

AE, Agencia Estado

17 Outubro 2009 | 10h34

"Isso foi um símbolo", comentou. "Vamos juntos. Em março, a gente define se iremos com um ou dois (candidatos)." Até lá, Lula continuará apresentando sua candidata preferida pelo País, Dilma Rousseff, e contando com Ciro para atacar a oposição.

Ontem, o deputado do PSB mostrou ter concordado com a orientação do presidente. Disse que, no governo tucano, o Brasil vivia "humilhado" e "atrofiado". E emendou: "Quando Lula tomou posse, o salário mínimo não dava para o cabra comprar metade de uma cesta básica. Hoje, o trabalhador leva quase três cestas com seu salário." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Mais conteúdo sobre:
candidatura Ciro Lula

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.