Lula adia conversa com Lupi para semana que vem

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva adiou para a próxima semana o encontro que teria hoje com o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, no Palácio do Planalto. A demissão de Lupi, por acumular os cargos de ministro e de presidente do PDT, foi recomendada pela Comissão de Ética Pública, vinculada à Presidência da República. Porém, não há confirmação oficial de que esse tema será tratado na audiência.Assessores do ministro disseram que Lupi apresentará na reunião um balanço das atividades do ministério no ano passado. Segundo os assessores, a audiência foi adiada porque a compilação dos dados sobre a geração de empregos formais em dezembro registrados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) ainda não ficou pronta, o que inviabilizaria a apresentação das informações. De acordo com pessoas próximas a Lula, ainda não foi definido o dia preciso, mas o encontro deverá ocorrer antes da divulgação dos dados do Caged. O ofício da Comissão de Ética recomendando a demissão de Lupi foi recebido por Lula no final de dezembro. O ministro tem dito que não haveria violação de ética no fato de acumular os dois cargos e acusa o presidente da comissão, Marcílio Marques Moreira, de defender interesses próprios ao recomendar seu afastamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.