Lula adia anúncio do novo mínimo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva adiou mais uma vez o anúncio do novo valor do salário mínimo. A expectativa era a de que o anúncio seria feito nesta quarta-feira, mas, depois de duas reuniões com vários ministros no Palácio do Planalto, o presidente informou, segundo assessores, que a decisão será anunciada até sexta-feira.A primeira reunião começou às 10h30, com participação de dez ministros, e terminou depois das 14 horas. Um segundo encontro teve início às 19 horas, com os ministros da Fazenda, Antonio Palocci; do Planejamento, Guido Mantega; da Casa Civil, José Dirceu; e do Trabalho, Ricardo Berzoini; e terminou pouco antes das 21 horas. Segundo os assessores, o presidente não opinou, apenas ouviu as sugestões dos ministros.O presidente enfrentou cobranças de antigos companheiros da CUT para não aceitar os argumentos da equipe econômica, contrários a um salário mínimo acima de R$ 260. Os sindicalistas pedem, no mínimo, R$ 270. A reunião de hoje foi a quarta em menos de um mês para definir o valor do mínimo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.