Lula adia almoço com senadores da base aliada

O almoço que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva teria amanhã com os senadores dos partidos da base aliada do governo será adiado, segundo o líder do PT, senador Tião Viana (AC). Ele alegou que seria impossível conciliar a pauta do Senado, que prevê votações importantes, como a medida provisória do salário mínimo e a indicação de dois diretores do Banco Central. Além dessas votações, haverá, pela manhã, uma sessão solene comemomerativa dos 180 anos de existência do Senado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.