Lula abusa das palavras, diz FHC sobre críticas ao PSDB

Presidente afirmou que os tucanos pedem o afastamento de Sarney do Senado para assumirem no 'tapetão'

Carolina Freitas, da Agência Estado,

02 de julho de 2009 | 15h50

O ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso disse nesta quinta-feira, 2, que as críticas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao PSDB foram "levianas". "O presidente às vezes abusa das palavras. Quando está fora do Brasil, Lula não presta atenção nas palavras", disse FHC, ao chegar para um evento na capital paulista em homenagem a Ruth Cardoso, sua mulher, que morreu no ano passado. Na segunda, Lula afirmou que os tucanos pedem o afastamento do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), para assumirem no "tapetão" o comando da Casa.

 

Veja também:

especialESPECIAL MULTIMÍDIA: Entenda os atos secretos e confira as análises

lista Confira a lista dos 663 atos secretos do Senado

documento Leia a íntegra da defesa do presidente do Senado

lista O ESTADO DE S. PAULO: Senado acumula mais de 300 atos secretos

lista O ESTADO DE S. PAULO: Neto de Sarney agencia crédito no Senado 

 

FHC disse ainda que Lula tem ciência de que, caso Sarney renuncie, haverá uma nova eleição para a presidência do Senado. "Não é verdade o que ele disse", afirmou o tucano. "Lamento que o presidente diga coisas tão levianas." Apesar de rebater o comentário do petista, FHC se esquivou de opinar sobre a permanência de Sarney no comando do Senado.

 

"Não quero opinar sobre o Senado", disse. "Lamento o que está acontecendo lá porque é uma desagregação muito grande de uma instituição importante."

Tudo o que sabemos sobre:
PSDBcrise no SenadoFHCLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.