Luíza Brunet desaconselha carreira de modelo

A modelo Luíza Brunet não recomenda sua carreira a adolescentes. ?Há um exército de meninas, e só uma minoria se destaca. Basta olhar a publicidade e os editoriais de moda para ver que as caras são sempre as mesmas?, avisa ela.?Estas ganham dinheiro, mas a carreira é curta, e elas precisam ter outra atividade que lhes permita acesso às futilidades a que se acostumam. Luxo vicia, e, se a menina não tem outra profissão, casa-se com um homem mais velho para manter o padrão a que se acostumou.?Luíza fala de cátedra. Desde os 16 anos é modelo e foi uma das mulheres mais fotografadas dos anos 80. Hoje, às vésperas de completar 40 anos, é empresária bem-sucedida, casada com Armando Fernandez, mãe de dois filhos (Yasmin, de 13 anos, e Antônio, de dois) e ainda solicitada no mercado de modelos.?Mas eu fiquei conhecida porque tinha personalidade. Não era magra, tomava sol e fui um tipo diferente?, lembra ela. ?Hoje as meninas têm que ser magérrimas, gastam com roupas, boates e bobagens e, de repente, se vêem sem profissão. É preciso estudar e não sonhar com o sucesso imediato.?A receita foi seguida em casa. Em julho, Yasmin apareceu em toda a mídia em sua estréia como modelo. Além de ser a mistura perfeita de dois biotipos diferentes (Fernandez, o pai, é argentino, descendente de polonês e louro), linda, com as medidas ideais para passarelas e câmeras (1,65m e 48 quilos), despertou curiosidade. Seria tão charmosa e boa modelo como a mãe?Luíza nem discute esse assunto. ?Resolvemos dar uma parada, pelo menos pelos próximos dois ou três anos, para ela estudar. Se depois quiser ser modelo, tudo bem?, adianta a mãe-coruja.Yasmin nem vai sair mais ao lado de Luíza como madrinha da bateria da escola de samba Imperatriz Leopoldinense. ?Eu preferia que ela escolhesse outra profissão, veterinária, sei lá.?Mesmo assim, Luíza é o sonho de muitas garotas. Em seu portal na internet (www.feminissima.com.br) onde fala de moda e beleza, mas também de vida profissional e saúde, o maior número de e-mails solicita conselhos sobre como se tornar top model.?São mães e filhas a quem digo sempre: tenham personalidade, estudem, preparem-se para uma vida sacrificada, de noites mal dormidas, privação de comida gostosa para manter o peso, e tenham outra profissão?, aconselha.?Todas sonham ser uma Giselle Bündchen, ganhar dinheiro, ter programa na televisão, mas se esquecem de que poucas conseguem. O fundamental é tornar-se uma personalidade, porque sua carreira deslancha, e o cachê sobe.? FIM

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.