Luiz Sérgio diz que deixará 'mão estendida' à oposição

Deputado petista afirmou que seguirá a mesma diretriz política que presidente apresentou no discurso de posse

Luciana Nunes Leal, da Agência Estado,

03 de janeiro de 2011 | 13h25

BRASÍLIA - Ao assumir a Secretaria de Relações Institucionais, o deputado petista Luiz Sérgio (RJ) prometeu levar ao pé da letra o discurso da presidente Dilma Rousseff de estender a mão à oposição. "Nada de ciúme quando eu estiver dialogando com líderes da oposição", disse o novo ministro aos muitos parlamentares aliados, principalmente petistas, presentes na solenidade. "É uma diretriz da presidente", lembrou Luiz Sérgio.

Como indicativo das mudanças nas relações entre os partidos, Luiz Sérgio citou a presença na plateia do ex-presidente Fernando Collor de Mello, hoje senador (PTB-AL), logo atrás do senador eleito Lindberg Farias (PT-RJ), líder estudantil e do movimento Fora Collor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.