Luiz Henrique vai propor a Estados uma contrapartida ao PT

O governador reeleito de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira (PMDB), disse nesta quinta-feira que irá propor ao conselho nacional de seu partido que o apoio da legenda ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja acompanhado "da governabilidade do PT com os Estados". Luiz Henrique observou que o PT vota contra todos os projetos do governo em Santa Catarina. "As bancadas estaduais do PT deveriam corresponder em relação à governabilidade nos Estados", enfatizou, ao sair de audiência com o governador do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto (PMDB).Conforme o governador catarinense, o conselho do PMDB marcou reunião para a próxima quinta-feira (30), às 11h, em Brasília. Apesar da proposta, Luiz Henrique disse que irá acompanhar a decisão da maioria. "O que o conselho decidir, por unanimidade ou maioria, eu acompanho", garantiu Luiz Henrique, que apoiou Geraldo Alckmin (PMDB) na disputa presidencial. "Mas acredito que o conselho e o presidente Lula vão ser sensíveis a essa realidade", acrescentou.Rigotto avaliou que o acordo do PMDB com o governo Lula foi resultado do que os governadores peemedebistas combinaram em Florianópolis, em encontro na última sexta-feira. "Decidimos que o PMDB deveria garantir sustentabilidade em 2007 para as reformas que o País não pode prescindir", disse Rigotto. O governador voltou a enfatizar que o apoio do partido ao governo precisa estar relacionado aos compromissos assumidos. "Temos que tirar esse rótulo de fisiologismo do PMDB", defendeu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.